8.3.08

Um livro envelhecido


Rodrigo solicitou um livro envelhecido. Como não o conheço fiquei pensando o que para êle era um livro envelhecido. Como não tinha pistas aos poucos fui formando uma idéia do projeto que desenvolveria para atendê-lo. O papel do miolo do livro deveria ser amarelado ou permitir um tratamento que desse a impressão de envelhecido. Não encontrei nada melhor do que o papel jornal - naturalmente pardo. Cortado com espátula ao invés do estilete - para que as bordas ficassem irregulares. Capa de algodão cru com manchas de ferrugem. Contracapa de papel sulfite 120gr marmorizado por mim. Montei o livro e, para dar um toque, coloquei um fragmento de metal enferrujado colado no tecido da capa.

4 comentários:

Beti Copetti disse...

Eu acho muito legal isto, de executar os pedidos das pessoas, sem saber exatamente o que se passa na cabeça delas. Trata-se de dar uma interpretação pessoal à idéia de alguém, sem que isto necessariament corresponda à idéia inicial. E isto é criação!!
Parabéns, Ceres! Ficou um beleza!!!

Céres disse...

Obrigada Beti! Vamos ver o que diz o Rodrigo - ele disse que está ansioso pelo livro e eu estou ansiosa para saber o que ele achou!

Mariana Massarani disse...

Oi Céres!
Tudo bem?
Parece que a revista Charivari tñao vai ser vendida.
Pergunta para o pessoal do sesc:
email@pompeia.sescsp.org.br

Céres disse...

obrigada pela dica Mariana!