17.3.08

Devaneios ... e um imã para meu refrigerador

Hoje uma das primeiras coisas que vi dos sites que tenho no Google Reader foi o post da Elô sobre as Blythe - bonequinhas que trouxeram a magia da infância para a vida de muitas mulheres - artesãs ou não - do mundo inteiro. Me peguei pensando sobre a internet e as modificações que ocorrem no cotidiano das pessoas, embora muitas vezes a gente nem se dê conta disto. Mulheres que cotidianamente se envolvem com filhos, maridos ou namorados, trabalham e são crafters, enfim estão inseridas no cotidiano do século XXI, passam a colecionar bonecas, confeccionar vestidinhos, comprar acessórios, fazer encontros das "mamães" e suas "filhinhas" Blythe, ...
Este é o nosso mundo globalizado. Essa é uma das possibilidades que a internet nos trouxe - nossos desejos são desejos multiplicados pela rede das redes de comunicação.


Mas e o imã? afinal o que tem a ver com isto?

Puxa! acho que quase nada ... a não ser que foi no flickr que conheci Daniele Sinhorelli, depois descobri seu blog , e foi dela que ganhei o imã que grudei no velho frigobar grafitado que tenho no meu craft room. :))

4 comentários:

Beti Copetti disse...

Então a Ceres resolveu filosofar aqui!!! E foi uma Blythe que deu o start!!

Pedaço de Amor disse...

uhu!!!! Ceres sou sua fã!!!
Olha só: a propósito sou fã dessa aí de cima também! E acho o imã da Dani e a Dani umas coisas fofas!
beijoca

Céres disse...

sabe Beti não gosto muito de escrever - sou meio escondida e quando escrevo parece que me enxergam ;)
mas não consegui resistir às blythes
oi Elô querida :))

BananaCraft disse...

Adorei ver meu ímã, eu mesma e meu blog aqui! Beijo Ceres e Elô, queridas! :D